Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Último dia de 2014 !

por aesperaparavoar, em 31.12.14

2014 despede-se hoje, e já não era sem tempo! Já comentei numa publicação anterior que a verdade é que o ano muda, mas a "vida nova" só acontece se formos nós a mudar também, contudo, não é menos verdade que, para mim, o 1 de Janeiro é sempre visto como um ínicio, com mais 365 oportunidades pela frente para sorrir, concretizar objetivos, estar com quem mais amo, ser feliz. Neste ano que vem o 1 de Janeiro vai ter um gostinho especial porque traz com ele muitos objetivos e metas a alcançar. Concordei comigo mesma que seria mesmo "ano novo, vida nova", ano de mudanças, cada uma a seu tempo que devagar se vai longe! E vou lutar com tudo o que tenho. É este o espírito. Deixar para trás o que tem de ficar para trás, levar comigo para o novo ano apenas aquilo que vale a pena, a bagagem necessária para um recomeçar. E às vezes faz bem voltar à estaca zero e começar de novo. 

Seria ingrata se dissesse que este foi um ano "mau", porque na realidade também teve momentos muito felizes e sorrisos, e a felicidade acaba por ser isso, momentos. Aprendi muito, sobretudo a olhar de forma diferente para certas coisas, e lutei, algumas dessas lutas não correram como esperava, outras foram superadas. No meio disto tudo também sofri, mas o que não nos mata torna-nos mais fortes, e assim foi!

Agora é o momento de vos desejar um bom 2015, com alegria, tranquilidade, saúde, confiança, amor, motivação e força, para que cheguem onde querem chegar e sejam felizes pelo caminho!

Encontramo-nos por cá em 2015!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:13

Falemos de... #1 | Racismo

por aesperaparavoar, em 22.12.14

Nunca fui, não sou, não consigo ser, nem me imagino a alguma vez ser racista! Não o digo porque "fica bem na fotografia", digo-o porque é assim mesmo! 

O racismo continua a ser um tema muito abordado, de tal maneira que durante o 1º período o tema das nossas aulas de Inglês foi "Discriminação e Racismo". Tivémos oportunidade de ver alguns filmes (destaco o "Crash", um filme que retrata muito bem esta temática da discriminação e sobre o qual pode ser que ainda vos volte a falar) e de discutir algumas ideias. Tenho alguns colegas racistas. Recuso-me a discutir com eles estes assuntos, para ser honesta, custa-me respeitar a opinião deles. Custa-me aceitar que rejeitem pessoas apenas porque elas têm uma cor de pele diferente. Não me parece um argumento válido para certo tipo de atos vergonhosos que acontecem todos os dias. 

Um dos meus grandes sonhos é ir a África. Bem sei que a vida lá não é fácil. Sou voluntária numa associação juvenil que atua na Guiné-Bissau, a PROMUNDO, e através de fotografias e de testemunhos de quem faz parte do grupo e todos os anos contacta com as pessoas de lá já pude constatar que há zonas onde a população (incluindo crianças pequeninas) é privada de coisas essenciais à sobrevivência - comida, água potável, medicamentos... Mas mesmo assim acho que deve ser uma experiência de vida enriquecedora e emocionante. Não me faz confusão nenhuma que eles sejam pretos (não creio que há-ja motivos para ter pudor de dizer esta palavra), muito pelo contrário, acho as crianças as "coisas" mais queridas de sempre e chamo-lhes "barriguitas". Sei que são extremamente carinhosas, aliás, nota-se pelos olhos ternos com que nos encaram.

Hoje fui passear a pé com uma colega. Enquanto esperava por ela no passeio uma senhora preta passou por mim com o filho que devia ter alguns 4 anitos. Preparava-me eu para dizer "Bom dia" já a senhora o tinha dito e o menino, de olhos brilhantes e um chupa-chupa na mão, parou á minha frente, olhou-me e repetiu o "bom dia". Sorri por me lembrar dos "barriguitas" que ainda um dia hei-de conhecer e entretanto a senhora (que sorriu também com a cara do filho a olhar para mim), disse-me adeus, a seguir virou-se para o filho e disse "diz adeus à menina", ele virou-se novamente para mim e com um sorriso encantador soltou um "adeus". Isto pode até parecer muito desinteressante e simples, mas garanto-vos que há muitos "brancos" que passam às vezes por mim neste contexto e nem "bom dia" nem "boa tarde". Quero com isto dizer que as pessoas devem ser vistas como aquilo que são e não pela cor da pele que têm, nem tão pouco devemos fazer generalizações porque cada pessoa tem a sua maneira de ser, de viver, de agir, e muitas vezes nem nós sabemos as histórias que as pessoas trazem com elas quando se cruzam connosco.

Aquele sorriso do "piqueno" encheu-me o coração.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:51

Falemos de... | Nova rubrica no blogue

por aesperaparavoar, em 22.12.14

Olá a todos os leitores do blogue!

Hoje trago-vos uma novidade! Declaro aberta uma nova rubrica no blogue, "Falemos de...".

Esta rubrica irá abranger todo o tipo de temas, até porque este não é um blogue estanque. Esta é uma oportunidade de partilhar convosco novos temas, o meu ponto de vista sobre algumas coisas e até, quem sabe, dar-vos a conhecer coisas novas!

Espero que gostem (manifestem-se!!!).

 

27-cents:see more

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:36

Volta ou então deixa-me para sempre

por aesperaparavoar, em 18.12.14

Amo-te.

Não sei como nem porquê, não sei sequer porque insisto em te amar, mas sei que te amo. Sei que é amor, embora eu não seja corajosa o suficiente para o admitir em frente aos teus olhos, muito menos depois de tudo o que já vivemos. Desculpa a minha cobardia, mas eu sei que o teu olhar de desilusão ia acabar com o pouco que ainda resta de mim. E acredita que ninguém mais do que eu gostaria de estar contigo agora e de dizer-te tudo isto, mas não sou capaz. Desculpa, não sou capaz. Apesar disso, achei que devias saber que foste, és e sempre serás especial para mim. Esta é a verdade. Não te esqueci, embora eu tenha agido como tal. És tu, sempre foste tu. Ambos sabemos que sim.

Sabes, amo-te ainda mais desde que te tive e não fui capaz de te manter na minha vida. Perder-te foi o meu momento de paragem. Percebi que cada vez mais estava a caminhar para longe de mim, e de ti, e tu és demasiado importante para mim para me permitir perder-te de vez. E hoje só desejava poder abraçar-te, poder dar-te o carinho que eu sei que precisas, que mereces. Tenho saudades, tantas saudades dos teus braços em volta do meu corpo, do teu toque na minha pele, das tuas palavras sussurradas ao meu ouvido, dos nossos olhares de cumplicidade, da felicidade que sentia de cada vez que estávamos juntos, das gargalhadas que provocavas em mim. E do teu perfume. Sim, do teu perfume. Guardo-o em mim na esperança de poder voltar a senti-lo. 

 Às vezes odeio-me por te amar desta maneira, e odeio-te por mexeres tanto comigo. Odeio ainda mais a ideia de que te perdi, mas espero ainda ir a tempo.

Volta.

É incrível como sinto tudo como se tivesse sido hoje, e por mais que eu tente, não me consigo afastar, mas eu sei que devia. Por mim, por ti.

E embora eu me esforce por seguir em frente, não consigo, e na verdade, não sei se quero. Hoje eu percebi que tu és a melhor parte de mim, tudo o resto são fragmentos de alguém que se perdeu com o tempo e que não soube encarar os seus problemas. Tive medo. Sim, medo. Medo dos meus próprios sentimentos, de me entregar, medo de errar. Mas hoje não tenho mais esse medo, se soubesses o quanto me arrependo de ter deixado que ele se atravessasse entre nós…

Tenho saudades tuas. Sinto tanto a tua falta.

Olho para trás, pergunto-me porque não te disse nada disto antes. Talvez tudo tivesse sido diferente, mas aconteceu assim.

Tu foste o único que não desistiu de mim, foste o único a ficar quando toda a gente já me tinha deixado para trás. Nunca vou saber como te agradecer por não teres ido naquele momento, mas ainda bem que não foste. Desculpa se depois te magoei, se as minhas atitudes te obrigaram a ir.

Magoámo-nos os dois.

 Doeu perceber que afinal não eras “meu”. Eu sei que não te dei tudo de mim, mas tentei, juro-te que tentei. E sei que mesmo assim consegui dar-te muito mais do que já alguma vez dei a alguém.

Amo-te.

 

lazyineke:•✩Ocean // Indie✩•

 

P.S.: Este foi um texto que escrevi à pouco tempo, surgiu de uma ideia que tive para o início de "qualquer coisa" (sabe-se lá o quê!!!!!). Aviso que é tudo fictício, e "qualquer coisa" que parta disto também será!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:20

Férias, finalmente de férias!

por aesperaparavoar, em 17.12.14

Estes últimos dias foram dias "loucos". Tive testes até ao penúltimo dia de aulas e este ano a "coisa foi séria". Foi preciso muito esforço para atingir alguns objetivos, mas é com orgulho que digo que muitos dos objetivos iniciais foram superados, outros transportam-se para o ano que vem, para que com garra e dedicação também possam ser alcançados! 

Contudo, estas férias não vão ser férias a 100%, estou em "preparações" para 2015, sobretudo no que diz respeito à divulgação do meu último livro "O Primeiro Voo". Em príncipio no início do próximo ano terei oportunidade de visitar algumas escolas, bibliotecas e livrarias, para assim poder partilhar um pouco deste meu romance, um pouco da história da Margarida e daquilo que a levou, tão nova, a tomar a decisão de sair de casa, para tão longe. Entretanto outra ideias estão em "banho-maria", para já não posso partilhá-las, mas, tenho-as todas listadas no meu bloco de notas para que nenhuma me escape! Vou dando notícias!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:32

Mais um ano a terminar!

por aesperaparavoar, em 14.12.14

Estamos a dia 14, mas num estantinho chega o 31 e depois, ano novo! E espero que vida nova também! 

A verdade é que não é o ano que tem que mudar, somos nós, e nessa perspectiva, todos os dias são bons dias para iniciar uma mudança, e não apenas o dia 1 de um novo ano, mas...

Este ano não foi um ano fácil, se passar em revista tudo aquilo que vivi e que me marcou, encontro aspectos muito muito bons e outros realmente maus. Todos eles fazem parte, mas deixam marcas. 

Todos os anos, no final do ano, gosto de fazer uma análise do ano que está a terminar e definir objetivos, é por eles que me guio. Já defini os meus para o ano que vem, mas são segredo (dizem que não se pode revelar porque senão depois já não se concretizam). 

2015 tem tudo para ser um bom ano, mas sei que será preciso lutar bastante para que as coisas corram bem, porque não será de todo um ano fácil. 

Desejo a todos os que me seguem que tenham um feliz Natal na companhia das pessoas que mais gostam, que partilhem muitos sorrisos e amor, e que não desistam dos vossos sonhos, que aproveitem esta viragem para recomeçar e seguir pelo caminho que é o melhor para vocês, e que vos fará feliz. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:15

Momentos

por aesperaparavoar, em 08.12.14

Há momentos na vida em que nada parece fazer sentido. São momentos menos felizes que nos testam e às vezes deixam marcas que os eternizam. É preciso olhá-los de frente e ultrapassá-los. Nem sempre é fácil. Dói. Mas é nessas alturas que descobrimos que somos mais fortes do que julgamos, e cabe a nós mesmos usar essa força. Há alturas em que desistir parece ser uma opção. O cansaço apodera-se de nós e a tristeza ocupa o lugar da força, mas é importante pensar que coisas melhores irão acontecer, e dias melhores virão, mas para isso é preciso não desistir. 

Às vezes pergunto-me até que ponto sou forte. Duvido muitas vezes de mim. Sou insegura. Já tive provas de que tenho força e de que sou capaz de lutar, mas às vezes sinto-me cansada, desmotivada, e é nesses momentos que preciso de me relembrar o sentido da minha vida, e os objetivos a que me propus. E é isso que não me deixa desistir e que me mantém na luta.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:05

Está lançado!

por aesperaparavoar, em 05.12.14

"O Primeiro Voo" já está disponível para voar para vossas casas, ou quem sabe para oferecer como prenda de Natal.

Foi com grande alegria que no dia 29 de Novembro pude apresentar pela primeira vez publicamente este meu romance. Deixo agora algumas fotos e o link para poderem aceder online ao livro através do Wook (aqui), Bertrand (aqui) ou Fnac (aqui).

Fico à espera das vossas críticas/opiniões sobre o livro! Boas leituras :)

DSC_0069.JPG

DSC_0074.JPGDSC_0001.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:48


A blogger


Os meus livros


Pensamento da semana


Leituras do momento


O blogue no facebook


As nossas visitas



Algumas parcerias




Deixe-me a sua mensagem

Web Analytics

O que já está para trás

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D