Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Falemos de... #18 | 10 segundos de coragem

por aesperaparavoar, em 31.08.16

Com o tempo, e muito especialmente nos últimos tempos, percebi o quão a vida pode trocar-nos as voltas de um momento para o outro. De como nem sempre temos opção de escolha e como muitas das decisões que tomamos são fruto das circunstâncias e não daquilo que realmente planeámos. Percebi também que, em algumas coisas, pouco importa acharmos que temos um plano "B" ou "C" para o caso do "A" não funcionar. Aprendi que nem todos temos de fazer caminhos retilínios, que por vezes surgem-nos curvas no caminho para que possamos testar-nos e definir-nos, para que vejamos as coisas com outros olhos, para que nos cruzemos com determinadas pessoas, para que passemos por experiências que, de outro modo, nunca viveríamos. Não é um acaso nem tão pouco uma questão de azar, nem todos somos iguais e nem sempre o que achamos que é melhor para nós o é de verdade. Às vezes aquilo que nos parece ser o pior que podia acontecer revela-se algo bastante surpreendente. Só temos de ter a coragem de continuarmos a caminhar, e por vezes bastam apenas 10 segundos dessa coragem, dessa força, o tempo suficiente para nos levantarmos e, de cabeça erguida e coração aberto nos fazermos ao caminho. Nem todos os nossos sonhos o são de verdade, tanto que alguns acabam por se desvanecer com o tempo, com as mudanças, com o avançar da vida e com a forma como a nossa personalidade vai evoluindo, mas, aqueles que são verdadeiros, aqueles sonhos que vives com o coração, que desejas com fé e para os quais lutaste ou lutas com determinação e paixão, esses são aqueles pelos quais não deves deixar de acreditar. Confia. Tenta as vezes que forem precisas, e não te permitas desistir sem que sintas que fizeste tudo aquilo que poderias ter feito. 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:13

Fortalece-te!

por aesperaparavoar, em 04.08.16

Há coisas na vida que, por mais que tentes, nunca irás compreender. Haverá sempre momentos em que perguntas "porquê?" e em que achas que o mundo está virado do avesso. Por vezes duvidas de ti, do que vales, das tuas atitudes e se terás feito as escolhas certas. Parece que nada abona a teu favor e sentes-te desamparada. Duvidas do caminho que percorreste enquanto sentes o peso da incerteza do que ainda está por vir. Sentes a desilusão e a frustração de uma luta (aparentemente) em vão. A confusão instala-se nos teus pensamentos e eles confundem-se com os sentimentos. Sentes-te perdida. Mas, acredita... um dia, mesmo que nunca tenhas chegado a perceber os "porquês", tu vais sentir que foi melhor assim, e que afinal havia uma razão para tudo ter sido como foi, embora na altura tudo tivesse sido diferente do que esperavas, do que imaginaste e do que tanto desejavas. Tu vais perceber que foi melhor assim, e que por vezes fecham-se algumas portas para que algumas janelas se possam abrir. Quem sabe essas janelas não te irão presentear com algo ainda melhor do que aquilo que sonhaste... Tens de acreditar em ti e na vida, porque no final tudo irá estar como tem de estar, e serás capaz de olhar para trás e sorrir, porque vais sentir que o caminho foi longo, mas compensou. Só não deixes de sonhar, de lutar, de confiar em ti! Segue o teu caminho, vive-o com a intensidade que ele merece, e não te deixes abalar pelos momentos menos bons, pelas quedas, pelas derrotas, usa-as a teu favor, fortalece-te!

 

Resultado de imagem para tumblr calm places

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20


A blogger


Os meus livros


Pensamento da semana


Leituras do momento


O blogue no facebook


As nossas visitas



Algumas parcerias




Deixe-me a sua mensagem

Web Analytics

O que já está para trás

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D