Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Menina-Mulher

por aesperaparavoar, em 03.10.15

Era ingénua e pequenina. Quase sempre sorridente, e traquina. Tinha histórias para contar, daquelas em que os bons, ao contrário dos maus, acabam sempre felizes, e outras, em que as personagens nem sequer eram pessoas. Achava eu que conhecia o mundo, encantada com a ideia de que o mundo era a aldeia onde nasci e vivi até ao dia em que a vida me empurrou noutro caminho. 

Tinha sonhos. Tantos sonhos. E hoje, sou ainda uma sonhadora. 

A vida trouxe-me e eu vim, sem saber nada dela ou do que me esperava. Vim a caminhar, um passinho de cada vez, embora por vezes a ansiedade me fizesse querer dar dois de uma vez só. Não vim sempre pelos caminhos mais rápidos ou pelos mais óbvios e nisso, encontro a criança que fui. A menina cresceu e virou mulher, mas, o passado não se apagou, ele acompanha-nos, umas vezes apenas empacotado nas nossas memórias, outras mais presente, mas vem connosco, mantendo em nós um pouco da essência que sempre foi nossa. 

É bom, e ao mesmo tempo estranho, ver como nós crescemos e vivemos depois disso. É tudo tão diferente, tão mais complexo e exigente. Um verdadeiro desafio, onde todos os dias são uma oportunidade, e vivo cada uma com a alegria de saber que, se hoje não correr como eu quero, amanhã posso voltar a tentar. E tento sempre, quanto mais não seja porque sou teimosa. Sempre fui. 

 

crimsonvein:Normal is all relative

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:36


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Ana Ribeiro a 03.10.2015 às 16:56

Sem sombra de dúvida. Viver é o maior desafio da nossa existência.

Adorei o texto, simples mas excelente.

Beijocas querida Ana.
Imagem de perfil

De aesperaparavoar a 03.10.2015 às 17:06

E que desafio!
Beijinhos e bom fim-de-semana!

Comentar post



A blogger


Os meus livros


Pensamento da semana


Leituras do momento


O blogue no facebook


As nossas visitas



Algumas parcerias




Deixe-me a sua mensagem

Web Analytics

O que já está para trás

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D