Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Obrigada

por aesperaparavoar, em 08.04.15

Foi em 2010 que tudo começou. Um tudo que eu não fazia a mínima ideia do que era nem do que víria a ser. De facto, em Maio de 2010 (aquando da criação do meu anterior blog "Poesia a Brincar") nunca imaginei que seria esse o ínicio de uma grande - e feliz - reviravolta na minha vida.

Sempre gostei de ler, com o tempo aprendi a gostar de escrever e a usar a escrita como uma catarse. É essencialmente isso que a escrita é para mim, um desabafo, uma forma de auto-libertação. Felizmente tive professores que me motivaram e que elogiram os meus escritos. São eles os primeiros culpados pelo facto de hoje eu gostar tanto de escrever. Depois o tempo passou e surgiu o meu primeiro livro. Tão naturalmente... Um processo muito gratificante e enriquecedor que me permitiu conhecer um mundo que me era inteiramente desconhecido, e viver experiências que guardarei para sempre na memória e no coração. 5 anos depois do início desta caminhada, e já com um segundo livro publicado (desta vez, um romance), sou hoje uma menina-mulher mais madura, ainda com muito para crescer e evoluir, mas crente de que o caminho se faz caminhando.

Continuo a ser fiel a mim mesma, aos meus sonhos, e sempre com os pés bem assentes na Terra. Vingar neste meio não é fácil, sobretudo quando somos jovens e anónimos - não temos um nome que toda a gente conhece e procura ler - é tudo mais complicado e trabalhoso. Sempre soube que as grandes vitórias são as mais dolorosas. Luto todos os dias por divulgar os meus projetos e aquilo em que acredito. Foi com persistência e dedicação que conquistei maior parte das minhas metas - os livros, as idas à televisão, as entrevistas nos jornais e na rádio, as idas às escolas, as participações e concursos, e tudo o resto. Quando faço as coisas tenho gosto em fazê-las bem, e é para isso que luto, para fazer cada vez melhor.

Nisto, agradeço (tenho mesmo de agradecer) a todos os que me ajudaram e apoiaram ao longo desta jornada. A quem tem estado sempre disponível para mim e para me incentivar, e até mesmo àqueles que duvidaram das minhas capacidades e me tentaram enfraquecer, pois não há maior incentivo do que mostrarmos a quem não acredita em nós que somos capazes. Assim, devo agradecer aos meus amigos (aos verdadeiros, que sabem bem quem são), à minha família, e a todas as pessoas fantásticas que ao longo destes 5 aninhos se cruzaram na minha vida e me trataram com tanto carinho e simpatia (não as destaco por medo de me esquecer de alguém), e assim me ajudaram a crescer e a ser quem sou. 

O meu sincero obrigada!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:30



A blogger


Os meus livros


Pensamento da semana


Leituras do momento


O blogue no facebook


As nossas visitas



Algumas parcerias




Deixe-me a sua mensagem

Web Analytics

O que já está para trás

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D