Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



In "O Primeiro Voo" #6

por aesperaparavoar, em 04.03.17

Já estou bem, já me lembro de quase tudo. Preciso de um abraço. Só isso, de um abraço. E de tranquilidade.

Já sei quem sou. Reconheci-me. Na minha cabeça compôs-se um tapete de recordações e veio-me à memória a avó Estela, a carta com que me despedi quando vim para França e o caminho que percorri para cá chegar. “Sou louca”, pensei. Duvido do caminho que escolhi, mas não me vale de nada. Quero levantar-me, mas o meu corpo rejeita. Examino tudo à minha volta na tentativa de encontrar alguma coisa que me tenha escapado e que me ajude a sair deste sítio tão pouco acolhedor, e só paro quando me apercebo da presença de uma campainha ao meu lado, para chamar a enfermeira. Pressiono o botão com toda a força que tenho, não é muita. Pressiono uma vez, duas, três, até que me canso e decido chamá-la.

– Por favor, enfermeira! – A voz sai-me falhada e sinto inutilidade nas minhas palavras.

Espero, que mais posso eu fazer?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:40


A blogger


Os meus livros


Pensamento da semana


Leituras do momento


O blogue no facebook


As nossas visitas



Algumas parcerias




Deixe-me a sua mensagem

Web Analytics

O que já está para trás

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D