Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tempo de cuidares de ti

por aesperaparavoar, em 25.03.17

Não te esqueças nunca de ti, de quem és e do que queres (para ti). Do que tens dentro de ti, dentro do teu coração. Da bagagem que trazes guardada, dos caminhos que já percorreste, das histórias, dos momentos, dos abraços, das vitórias que festejaste com alegria e das derrotas que te tornaram mais forte. Não te esqueças de que está nas tuas mãos decidir o rumo a seguir. E mesmo com os imprevistos da vida, és sempre tu quem tem de tomar uma atitude. Cuida de ti. Com o amor e o carinho que mereces. Dá uma oportunidade a ti mesma, não sejas a primeira a julgar-te e a deixar de ter esperança em ti. Faz as pazes com a vida. Permite-te estar em paz contigo e com o que te rodeia. Não deixes morrer a tua essência, o brilho do teu olhar e o sorriso que tão bem te caracteriza. Não baixes os braços. Não percas a fé. Tu mereces isso, mereces coisas boas e pessoas que te queiram bem, mas, mais do que ninguém, tu tens de querer o teu bem, e tens de ser a primeira a pôr de parte os pensamentos negativos que te puxam para baixo e os sentimentos menos felizes que por vezes te assombram e te fazem duvidar de ti e daquilo que és capaz. Acredita, tens de ser tu a primeira a querer ser feliz e a lutar por isso, tens de ir, mesmo que por vezes aches que não vais conseguir. Não duvides nunca que tens em ti todas as forças do mundo e que se quiseres mesmo, és capaz, mas  tens de te atrever a tentar, a ir, a procurar aquilo que te preenche, que te faz sorrir e sentir viva. Tu deves isso a ti mesma, porque TU mereces o melhor.  

 

Resultado de imagem para tumblr coração na barriga sketchResultado de imagem para tumblr coração na barriga sketch

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:15

Eu penso assim #5

por aesperaparavoar, em 08.03.17

E mesmo quando a vida parece não te sorrir de volta, não baixes os braços. Mostra a tua garra, a força que tens em ti. Confia. Ergue a cabeça e mantém-te firme. Segue, com coragem e com esperança. Com determinação. Reinventa-te. Luta. E sempre que possível, descomplica. Todos os dias tens uma nova oportunidade para seres feliz. Não a desperdices. 

 

Resultado de imagem para alegre tumblr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:42

Tenta sempre mais uma vez. Por ti. 🦋

por aesperaparavoar, em 25.02.17

Não tenhas medo de ser quem és, como és. Não tenhas vergonha dos teus sonhos, nem desistas deles mesmo que te digam que não és capaz. Ao longo da tua vida muita gente vai tentar desmoralizar-te, dizer-te que não não irás conseguir, que já é tarde ou que deves desistir. Muitas vão ser as pessoas que não vão acreditar em ti e que vão tentar fazer-te duvidar também das tuas capacidades. Quando isso acontecer, independentemente da razão ou das razões, não desistas de acreditar, porque nada na vida é em vão, porque és mais forte do que pensas, porque tudo acontece quando tem de acontecer, embora por vezes isso nos pareça uma eternidade. Tenta sempre mais uma vez. Só por ti. Porque tu mereces e porque os outros podem não acreditar, mas TU acreditas. Insiste, confia, e se caíres, terás de aprender a levantar-te.

 

Imagem relacionada

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:24

Nunca sabes o que te espera

por aesperaparavoar, em 08.02.17

Trazes contigo uma bagagem que carregas para onde quer que vás. Nela seguem pensamentos, histórias, olhares, sentimentos, experiências, pessoas e sonhos a que nunca ninguém, por melhor que te conheça ou acha que conhece, vai ter acesso por completo. Trazes contigo o mundo, tal qual como o vives e sentes, trazes os sentimentos, uns mais felizes que outros, as dúvidas, as incertezas, a inquietude e o frenezim de uma vida. E tu não sabes o que o amanhã te reserva, nem sequer o hoje que ainda não terminou. Fazes mil e um planos, imaginas diferentes cenários e situações hipotéticas, mas tu não sabes o que o futuro tem guardado para ti. Ainda assim, tu vives sempre na esperança que tudo corra como desejas, como sonhaste e como seria esperado acontecer. Gostava que soubesses que, por vezes a vida te prega partidas e te obriga a mudar de rumo, a alterar os planos e a tomar decisões inesperadas, mas que nada, ou muito pouco, é à toa. Os caminhos que trilhas, as pessoas que contigo se cruzam, os "azares" e aquelas coisas que às vezes te parecem "o pior que te poderia ter acontecido" têm uma razão de ser, mesmo que nem sempre a consigas ver ou entender. Costumam dizer que pensamentos positivos atraem coisas boas e que, quando é para dar certo até os ventos sopram a favor, portanto, ergue a cabeça e segue em frente. Quem sabe aquilo que um dia julgaste ser "o pior" se revele, um dia, "o melhor" que te aconteceu. 

 

Resultado de imagem para viver tumblr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:47

Acredita

por aesperaparavoar, em 05.02.17

O teu caminho nem sempre será fácil, nem sempre será tão previsível como planeavas ou tão claro como gostarias. Vão existir dias bons e dias maus, imprevistos de última hora e decisões difíceis de tomar, bem como escolhas que terás de fazer. Nunca sabes realmente o que te espera, mas, podes sempre fazer tudo o que estiver ao teu alcance para seguir um rumo, aquele que desejas, que sentes que é o melhor para ti, aquele que te enche o peito de alegria e que faz os teus olhos brilharem. Vai, sem medos, sem pensares demasiado, sem muitos planos. Vai ao encontro do que te faz feliz. Não permitas que te digam que não és capaz, que não és suficiente, porque tu podes muito mais do que imaginas, porque, se fôr mesmo para ser será, porque a vida arranja sempre uma forma de se ajeitar e porque tu tens forças guardadas onde nem sequer nunca imagináste que as poderías ter. Tu és capaz. Acredita. Vai, não desistas de ti. 

 

Resultado de imagem para caminhos tumblr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:14

Eu penso assim #2

por aesperaparavoar, em 12.10.16

Nem sempre aquilo que queres é o melhor para ti ou o que precisas. Por vezes a vida desvia-te do caminho que julgavas ser o teu. Não tenhas medo. Há sempre um motivo e, quase sempre, tu percebes que tinha de ser assim, mais, percebes que foi melhor assim. Às vezes custa, magoa, dói (muito). Mas, arrisca. Nem todos temos de percorrer caminhos retilíneos, e quem sabe não são as voltas que a vida dá que te vão trazer algo ainda melhor do que alguma vez imaginaste para ti. Não tenhas medo. Confia.

 

https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSJ7_4K8lLFtA2XO_ci-r5-1Rfp4aFHSzjfoFePcnKZkR0Ec7nN

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:20

Às vezes é preciso perder para depois se ganhar.

por aesperaparavoar, em 17.02.16

Tudo tem o seu tempo. Pelo menos eu acredito nisso, embora a vida goste sempre de nos presentear com surpresas (agradáveis ou nem por isso) e portanto, por vezes, seja complicado pensar destar forma.

O tempo, a meu ver, e ao contrário do que dizem, não "cura tudo". Por vezes ele disfarça e atenua certas memórias e sentimentos, mas outras ele intensifica-as. A saudade é o exemplo mais claro de que o tempo não "cura tudo". A saudade de alguém não é algo que o tempo cure nem desvaneça, mas sim algo com que temos de ser nós a aprender a lidar e conviver. Tal como em muitas outras coisas da nossa vida. 

O tempo é apenas uma variável e por vezes é preciso revertê-la a nosso favor. Embora o tempo não seja uma "cura milagrosa", por vezes é preciso "dar tempo ao tempo" para que, com calma, mas sempre com atitude, as coisas corram como desejamos. 

Acredito que há coisas que não acontecem por motivos que, embora nos sejam desconhecidos, existem e que por vezes elas não acontecem num momento para acontecerem noutro. Às vezes é preciso saber esperar, e mesmo na inquietude, acreditar. Às vezes é preciso perder para depois se ganhar. É preciso experimentar a tristeza para se aprender a dar valor aos momentos alegres. É preciso que sejamos postos à prova e que revelemos a nossa força. Acima de tudo, é preciso não desistir e manter a capacidade de enfrentar os obstáculos que se vão colocando à nossa frente Dar o melhor de nós no mínimo que fazemos. Cada dia é uma nova oportunidade. É necessário que a agarremos. E, no final, da forma que nós esperávamos ou de outra, há-de dar tudo certo. Acreditemos nisso, lutemos para isso, e enquanto isso não acontece, vivamos cada dia com alegria e esperança, porque não se esqueçam, a energia que nós exteriorizamos é aquela que atraímos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:44

Atreve-te a sonhar, mas não fiques por aí…

por aesperaparavoar, em 31.07.15

Um dia nós sonhamos e esses sonhos parecem-nos impossíveis. É como se vivessem no horizonte onde não temos a capacidade de chegar. Nós acreditamos nisso e vamos ficando, vamos-nos conformando em vez de lutar.

Com o passar do tempo esses sonhos vão ficando guardados, no coração, na memória, na vida que ficou por existir. Esperam. Esperam apenas uma oportunidade. Eles esperam que acreditemos neles, que os deixemos voar do casulo e acontecer. E por vezes somos nós que aprisionamos os nossos sonhos sem nos apercebermos, sem nos darmos conta que o impossível é apenas a desculpa que o nosso subconsciente arranja para nos poupar de lutar, de nos desafiarmos, de persistirmos, quando, na verdade, tudo isso é vida e faz parte dela. 

Atreve-te! Atreve-te a sonhar, mas não fiques por aí…

Ouve, não esperes nada de ninguém, nem que alguém faça por ti aquilo que tens de ser tu a fazer. Ninguém vai tomar certas decisões por ti. E esta é uma decisão que tens de ser tu a tomar.

Ouve, não desistas de ti. Não fiques à espera de chegar a algum lugar se tu própria insistes em ficar presa. Arrisca, e vive! Vive a vida que anseias viver. Desprende-te do passado, das memórias que insistem em deitar-te abaixo, dos comentários infelizes que ouviste, das lágrimas que choraste tantas vezes ao adormecer. Foi tudo uma lição. Foi graças a isso que hoje és forte o suficiente para mudar o rumo de uma história que não queres que seja a tua.

Ouve, eu sei que és capaz. Acredita em ti, porque tu és capaz. É incrível a força que temos dentro de nós e não sabemos. O poder que a nossa mente tem e ao qual não damos valor por não acreditarmos. Por isso, usa essas tuas capacidades. Arrisca. Nunca é tarde demais, sabes?!

E só mais uma coisa, não dependas de ninguém para ser feliz. Aprende primeiro a sê-lo sozinha e depois sim, partilha essa felicidade com quem te faz bem, com quem te ama e com quem tu amas. E sempre que tudo parecer estar a desabar de novo, sempre que o mundo parecer estar contra ti, ou até mesmo, sempre que te esqueceres do caminho a seguir, pára! Pára por uns instantes e pensa. Lembra-te, "desistir" é uma palavra que para ti não existe. E tu és mais forte do que imaginas, caramba, és uma lutadora!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:15

"Tenho em mim todos os sonhos do mundo"

por aesperaparavoar, em 18.01.15

Ai não que não tenho! E olhem, são muitos!Tenho-os todos guardados no seu devido lugar, à espera que eu ache que é o momento certo para investir neles. Gosto de fazer as coisas o melhor que sei e de dar tudo de mim para que assim seja, por isso, quando traço uma meta luto para a cumprir até sentir que esgotei todas as possibilidades. Sempre fui assim. Muito determinada quanto ao que quero. Há muita coisa que o tempo trouxe por acréscimo, coisas que eu nunca imaginei nem sonhei, mas agradeço cada uma delas, no geral foram todas surpresas agradáveis (é claro, também houve várias surpresas menos boas, mas essas deram-me e ainda hoje me dão força para continuar a lutar). Agradeço-me muitas vezes por ter esta "mania" de nunca deixar de tentar e de insistir naquilo em que acredito. De tentar sempre ver para lá do óbvio. Agradeço também o facto de continuar a acreditar que tudo se consegue, embora umas coisas mais facilmente que outras, e que os sonhos são um incentivo para a sua concretização. Sorrio. Acredito que ainda há muito mais para viver, para aprender e para sonhar! E quem sabe em breve vos traga algumas novidades...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47

Ciclos

por aesperaparavoar, em 12.10.14

A minha vida é feita de ciclos. Uns maiores do que outros, uns de sempre para sempre, outros de transição, passagens, momentos, fases. A verdade é que sinto muitas vezes aquela sensação de "estou a iniciar um novo ciclo", ou seja, "estou a começar a lutar para cumprir uma nova meta". E essa sensação tráz-me motivação, por sentir que estou a lutar por algo que realmente quero e que sei que me vai dar gozo consquistar, embora nem sempre seja fácil. Por vezes acontece termos vários ciclos em aberto, há uns que temos desde início, outros vão surgindo com o tempo, são eles que nos ajudam a estar em constante renovação, que agitam a nossa vida e nos estimulam, e por isso são importantes! Felizmente já experimentei também a sensação de "finalizar um ciclo", ou seja, aquele sentimento de "missão cumprida", e é uma sensação tão boa! Por vezes somos obrigados a seguir em frente, sem que o desfecho tenha sido o que pretendíamos, mas tudo isso faz parte, a vida implica vitórias e derrotas, e ciclos mais e menos felizes. Hoje sinto-me a iniciar um novo ciclo e estou feliz, espectante, com vontade de lutar, e vou fazê-lo, até sentir que fiz tudo o que podia para que este ciclo terminasse como pretendo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:50

Desafios

por aesperaparavoar, em 14.09.14

Amanhã começa um novo desafio para mim. Uma nova etapa, uma nova prova que espero superar. Quando começo uma coisa gosto de a concluir, e da melhor maneira possível, por isso espero que este novo ano lectivo corra pelo melhor. Estou certa que esta não será apenas mais uma etapa, creio que este pode ser um ano com muitos desafios, e eu gosto de desafios. Apesar de tudo, lá vou eu ter de me desdobrar em afazeres, escolher prioridades e tentar manter o tempo sob controlo, se é que isso é possível, porque ele passa a voar! Ainda há tão pouco tempo estava a entrar para o 5º ano e hoje, 7 anos depois, já me falta tão pouco para terminar este ciclo. E quando der por isso já passou, portanto, é melhor aproveitar cada momento, cada experiência, porque no fim é tudo isso que fica, e não se esquece. E que neste ano eu me consiga superar, em tudo, e consiga demonstrar a mim própria que sou boa a vencer desafios.

Este não vai ser fácil, mas se o fosse não chegava a ser "um desafio".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:08

Coisas e Coisas

por aesperaparavoar, em 11.09.14

Hoje eu sei que há Coisas e Coisas. Há coisas que temos por direito, há coisas com que somos presenteados mesmo sem fazermos nada por elas, para as merecer, e há outras pelas quais temos de lutar muito. Felizmente nunca soube o que era ter de lutar para ter um prato de comida para comer, nunca me faltou água potável para matar a minha sede, nem água quente para poder tomar um banho, nem uma cama para dormir ou teto para me abrigar. Parecem coisas tão banais que às vezes nem lhes damos valor. É-me díficil saber e perceber que há pessoas que lutam por tudo isto, coisas que há partida nos devem ser dadas por direito. Há outras coisas que são do nosso dever. Entre elas está o dever de lutar por aquilo em que acreditamos, por aquilo que queremos, e de dar ao mundo um pouco de nós, para que possamos receber dele também. Nem sempre recebemos coisas boas, mas é por isso que a vida se torna desafiante. Com o tempo nós vamos tendo maturidade para escolher, para distinguir o bom do mau, o certo do errado, ainda que por vezes isso continue a ser um desafio constante. Há coisas que nos são oferecidas, mas eu continuo a achar que as melhores, e aquelas que nos dão mais estímulo e satisfação são as que NÓS conquistamos. E por vezes tudo depende de nós, e está nas nossas mãos fazer a diferença e lutar, porque a vida também é feita das lutas que travamos ao longo do tempo em que vivemos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:20

Hoje falo-vos de uma estrela: Leonor

por aesperaparavoar, em 05.09.14

Decidi escrever este post aqui no blogue porque a história da Leonor sempre causou grande impacto em mim. Esta menina tinha 5 anos e, mesmo sabendo que tinha um cancro a lutar contra ela, nunca deixou de sorrir nem de espalhar alegria junto às pessoas à sua volta. Vi-a várias vezes em programas de televisão: a Leonor tinha uma força imensa, tão imensa quanto a sua vontade de viver. O cancro venceu esta batalha, mas creio que antes dele ter ditado esta última vitória a Leonor já tinha ganho muitas outras. Ela aceitou o cancro e soube viver independentemente das limitações que ele lhe causou, lutou contra ele enquanto pôde. Acredito que ela tenha sido muito feliz durante os seus 5 anos de vida, acredito que ela ainda tivesse muito mais para viver e para nos ensinar, e muitos sorrisos para partilhar. Não imagino o quanto a família da Leonor estará a sofrer, mas tenho a certeza que a Leonor é agora uma estrela que brilha num novo sítio, uma lição de vida para todos nós, e uma inspiração, sobretudo para outras crianças e adultos que sofrem de cancro. E estou certa de que a Leonor estará a sorrir, num reino distante de nós, mas onde ela continua a ser sempre a princesa Leonor.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:08

... E que jeito que dava às vezes poder voar. Poder ver o mundo de outras perspectivas. Poder fugir para recantos onde ninguém nos pudesse roubar do nosso espaço, do nosso tempo. E que bom que era poder ter um momento completamente a sós connosco mesmos, já que com a correria do nosso dia-a-dia por vezes isso acaba por não ser possível. Não sou louca, pelo menos não sou muito louca, mas falo muitas vezes sozinha, de propósito. E mais, agradeço que ninguém ouça os meus desabafos quando estou a falar sozinha. Quando falo comigo mesma tento ver as coisas de outra perspectiva, tento ir mais além e olhar no horizonte, perceber até que ponto os meus actos correspondem aquilo que eu realmente quero e preciso, até que ponto é que estou a agir bem, e por vezes tento explicar-me as coisas como se estivesse a vê-las de fora, expôr as várias perspectivas e tentar avaliar cada uma delas sem preconceitos. Às vezes isso não é fácil, não mesmo, mas é algo que me ajuda imenso. E embora por vezes eu preferisse voar e refugiar-me num sítio só meu, eu continuo aqui, a lutar por aquilo em que acredito.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02

Há dias assim

por aesperaparavoar, em 01.09.14

Naquele dia eu acordei e senti que o mundo era meu.
Não que mo tivessem dado ou emprestado,
não que eu o tivesse herdado,
era meu porque eu sou dele e faço parte dele.

Levantei-me e acreditei num dia diferente, especial,
e coloquei em tudo um carinho,
e um sorriso de quem luta para vencer.

Naquele dia eu fui feliz.
Senti-me capaz, forte para lutar.
Naquele dia fui eu,
a pessoa alegre que eu sabia que tinha em mim.

Naquele dia deixei escapar confissões,
Dancei com melodias, sorrisos e brilhos nos olhos,
calçada e descalça, sozinha e acompanhada.
E sorri, para mim e para os outros.

Fui feliz. Nada mais importa.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:35

Diz-me tu

por aesperaparavoar, em 08.08.14

Tenho dúvidas, sou curiosa e impulsiva, às vezes um pouco insegura.

Faço muitas perguntas, na tentativa de obter respostas que não tenho.

A vida é feita de encontros e desencontros, umas vezes encontro respostas,

outras desencontro-as, e por mais que as procure elas não chegam.

 

Diz-me tu, tu que normalmente sabes sempre tudo,

vale a pena lutar pela vida quando ela parece já não existir?

Vale a pena sofrer, chorar, batalhar, quando já deixámos de acreditar?

Diz-me, achas que ainda tenho motivos para continuar?

 

Acordo sem vontade e arrasto-me sem certeza dos meus passos.

Caminho sem direção, e não faço tensões de ver ninguém.

As pessoas parecem todas tão felizes, não me atrevo a chegar perto delas.

Talvez o meu medo seja contagiá-las com a minha tristeza,

e com a mágoa que se apoderou de mim.

Refugio-me, mas, a dor encontra-me sempre, para onde quer que eu vá.

 

Diz-me, chamas a isto viver?

Estou aqui por estar, sobrevivo.

Todos os dias são uma luta, 

Sabes, começo a ficar cansada de lutar. 

 

Acho que me perdi, desde esse dia nunca mais me encontrei.

Diz-me o que fazer,

Diz-me tu, porque eu já não sei.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16

Perguntas à espera de resposta

por aesperaparavoar, em 22.07.14

Pergunto-me várias vezes porque insisto em certas coisas mesmo sabendo que elas não me vão levar a lado nenhum. Uns dias acho que é a isso que se chama "lutar", outros interrogo-me se não estarei a confundir o conceito de luta com outros menos felizes. Acho, e mais do que isso, sinto que o tempo e a vida me tornaram um pouco mais amarga, não me roubaram a esperança nem o sorriso, mas já me mostraram muitas coisas que eu preferia não ter visto nem ouvido. Talvez por isso me tenha tornado mais insegura. Cada vez mais vou descobrindo tudo o que não quero para mim, e embora eu possa ter algumas dúvidas quanto ao que quero, sei bem o que não quero. Neste momento sinto que me falta aprender a viver sem deixar que a vida me deite abaixo, e continuar a lutar sempre, por mim e por aquilo que quero e em que acredito. E assim será...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:44


A blogger


Os meus livros


Pensamento da semana


Leituras do momento


O blogue no facebook


As nossas visitas



Algumas parcerias




Deixe-me a sua mensagem

Web Analytics

O que já está para trás

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D